Tempestade


Estes últimos meses sofri ‎
Como se estivesse num corredor da morte
Estive aprisionada e me fechei amargamente

Precisava viver ao mesmo tempo que morrer
Um renascimento como uma fênix em mim
Eu já não queria falar mais para não machucar

Pensava que todas as feridas poderiam se abrir
E todas as lágrimas rolar pela sua face
Então, me afastei para te proteger de mim mesma

O meu coração se partiu por te deixar
Sem ao menos dizer adeus eu te deixei
Doeu tudo que fiz

Como uma lança parti seu coração ao meio
Eu sei que errei quando te abandonei
Agora meus olhos apenas procuram os seus

Estou aqui para recuperar o que perdi
Um amor, uma amizade que se devastou ‎
Como uma tempestade dentro de mim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s